ENTREVISTA | Jessé Suursoo, pintura digital e o seu trabalho Morrigan Aensland

ENTREVISTA | Jessé Suursoo, pintura digital e o seu trabalho Morrigan Aensland

head npix destaque suursoo kanvas

Aluno do Kanvas mostra seu trabalho e nos conta um pouco da sua trajetória.

a1sx2_Thumbnail1_jesse-suurso-homem.jpg1. Jessé, conte-nos um pouco sobre como começou o seu interesse por desenho e pintura.

Eu sou apaixonado por criar personagens, mundos imaginários e desde muito pequeno, adorava contar histórias com meus desenhos, talvez venha dai a paixão pelo cinema.
Eu gostava muito de copiar personagens de HQs e de videogames, passava horas e horas fazendo isso. Depois aproveitava e tentava criar um personagem meu e inserir naquela história.
Infelizmente tive pouco apoio para estudar arte propriamente dita e por isso sou autodidata, mas de três anos para cá comecei estudar de maneira mais séria, e foi nesse meio tempo que encontrei a N-PIX e cursei o meu primeiro curso de pintura digital.

 

2. As pessoas sempre te incentivavam ou era uma vontade pessoal? O que fez você começar a estudar a três anos atrás? Qual foi o "click"?

Claro que a minha família, principalmente a minha mãe e meu pai, me incentivavam... Minha mãe pintava e desenhava, além de estudar música. E meu pai era desenhista projetista. Não posso negar que essas influências existiam, mas eu gostava de criar personagens e "contar histórias", e esse detalhe foi importante para seguir o caminho.
O que me fez estudar foi a vontade de me tornar um artista conceitual.
Eu perseguia artistas e ilustradores pelos blogs e fóruns a fora. Comecei a perceber que meu desenho e minha pintura estavam estagnados, eu precisava começar a entender a "linguagem" que aqueles profissionais falavam em suas peças, assim comecei a procurar cursos para estudar.

a1sx2_Thumbnail1_jesse-suurso-giselle.jpg

3. E com essa vontade você começou a estudar por conta, certo? Mesmo no começo sendo autodidata, você sempre sentiu a vontade de fazer um curso ou foi por circunstâncias?

Circunstância também... Como os cursos que eu queria fazer só tinham em outras cidades, ficava difícil viajar, etc. A possibilidade de fazê-los pela internet facilitou.

 

a1sx2_Thumbnail1_jesse-suurso-patinho.jpg4. Você se formou em Audiovisual, não é? Foi ai mesmo em Ribeirão Preto? Durante a faculdade você conseguiu colocar em prática um pouco dos seus desenhos e conceitos?

Sim, eu me formei aqui em Ribeirão Preto. E o que eu mais fazia na faculdade era desenhar (risos), como sempre!
Nos grupos de trabalho eu fazia todos os concepts, storyboards, layouts. E dirigi dois curtas animados.

 

5. E você pensa em voltar a fazer animação ou mesmo dirigir?

Dirigir sim, animar não..(risos). Antes desses 3 anos, eu me dediquei aos estudos de animação. Desde a animação tradicional, stop motion, digital 2D e 3D, mas eu vi que a minha paixão era mesmo imagem, still, conceitual, ilustração...

 

6. Atualmente você trabalha com ilustração e pintura?

Atualmente trabalho em uma empresa como designer gráfico. Estou a 8 anos e aqui uso pouco da ilustração ou pintura, mas tenho vontade de migrar totalmente para essa área.a1sx2_Thumbnail1_jesse-suurso-explorer.jpg

 

7. Quais são suas principais referências e inspirações?

São várias. Desde os grandes mestres do passado, como Da Vinci, Bouguereau, Dali. Artistas atuais como Feng Zhu, Chris Metzen, Rayman, Kekai Kotaki, mas o trabalho que mais me inspira é do grande Frank Frazetta, tanto no estilo quanto na sua narrativa visual.

a1sx2_Thumbnail1_morrigan-aensland-darkstalkers-chronicle-chaos-tower-picture.jpg a1sx2_Thumbnail1_conceptclassico.jpg8. Você estuda 3D também, ou já pensou nisso? Como você enxerga a área de ilustração, que cada vez mais tem usado recursos 3D em suas peças?

Quando eu comecei a estudar seriamente arte a 3 anos atrás, eu comecei pelo 3D, Zbrush e 3ds Max. Fiquei um ano e meio estudando, mas depois decidi me focar em pintura e desenho.
Acho o 3D muito técnico. E me sentia amarrado, artisticamente falando. Por mais que você precise ter um olhar artístico, a coisa toda segue uma lógica. Concept, modelagem, malha, textura, rig...
E isso me desanimou.

Como na animação, comecei a perceber que aquilo não tinha tanto a ver comigo, então voltei novamente meu foco para desenho e pintura, mas eu procuro passar o realismo tridimensional para os meus estudos.

 

a1sx2_Thumbnail1_jesse-suurso-Morrigan.jpg9. Falando um pouco mais de seu trabalho, como surgiu a idéia de fazer a ilustração da Morrigan?

Eu sou fã dessa personagem desde os tempos de Darkstalkers, um jogo da Capcom que conta a história de luta entre seres do submundo. Mas eu nunca tinha pego ela para desenhar.
A alguns meses atrás eu queria estudar valores tonais e render. Como precisava de um modelo para a peça decidi então encarar uma versão da Morrigan mais "realista". E foi assim que surgiu a ilustração.
Ela faz parte de uma gama de personagens que gosto, tanto de Hq, desenho, ou videogame, que tenho a vontade de fazer em um estilo mais realista.

 

10. Você tem pretensão de trabalhar com games, ou usa apenas como hobby e inspiração?

Meu sonho é trabalhar com games... Como Concept Artist! Isso é o que move os meus estudos diários e árduos, (risos).

 

11. Você também estuda e trabalha com pintura tradicional?

Pintura só digital, ainda, mas pretendo estudar tradicional também. Já o desenho eu estudo mais o tradicional.b2ap3_thumbnail_jesse-suurso-Morrigan_process.jpg

 

12. Você já trabalhou com desenvolvimento de cursos online, certo? Como foi estar do outro lado como aluno?

Eu gostei. Com sempre estudei por conta, não tive muito problemas com o meu auto gerenciamento, e tive a sorte de estudar com boas instituições... Que mantêm um nível de competência altíssimo.
Assim a coisa não complicou muito, mas você tem que ter ritmo e manter uma disciplina!

 

 

Suursoo, queria agradecer muito a sua participação e parabenizá-lo pelo seu trabalho e esperemos novas ilustrações em breve ok?
Poxa, eu que fico muito contente pelo reconhecimento e pela oportunidade, e pode esperar que vão ver sim... Valeu!

 

 

Continuar lendo

Steampunk Gun | Speed Paint

Esse Speed Paint realmente merece destaque. Um excelente trabalho do aluno Thomas. 

O Thomas Hernandez é de Florianópolis e tem 27 anos e atualmente trabalha como freelancer.

Vocês podem conferir outros trabalhos dele em seu site: 
http://cargocollective.com/thomashernandez  

steampunk gun

 A imagem foi desenvolvida durante o exercício da arma a  turma do curso KANVAS

Continuar lendo
logo
NPIX ENSINO E AUDIOVISUAL | CNPJ 14.455.799/0001-15
SEDE ADMINISTRATIVA: AV. ENG. LUIS CARLOS BERRINI, 550 11º ANDAR - SÃO PAULO - SP - 04571-000
© Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Guilherme Vieira